(51) 3347.4643 | (51) 2103.2910 | (51) 99873.5931 contato@clinicazoomed.com.br

O que é “Giardia”?

A Giardíase Canina é uma das causas mais comuns de problemas intestinais em cães e seres humanos. É uma doença causada por um protozoário flagelado, Giardia lamblia, que infecta o intestino de cães e outros mamíferos, incluindo o homem. No mundo todo, cerca de 250 milhões de pessoas apresentam giardíase sintomática, estimando-se que ocorram 500.000 novos casos por ano (OMS, 1996). Como muitos animais, incluindo os cães e gatos, também são infectados por Giardia, eles podem tornar-se uma fonte da doença para humanos.

Quais os sinais da doença?

Os sinais clínicos podem ser severos, mas uma grande parcela dos infectados pode permanecer assintomática, e os animais jovens são os que, mais freqüentemente desenvolvem os sintomas. 

Em cães os principais sintomas são diarréias, vômito, depressão e perda de peso. Uma vez instalada a doença, o animal fica mais suscetível a outras enfermidades mais graves e até fatais.

 Como ocorre a contaminação?

A infecção ocorre quando o animal ingere o cisto (forma em que o protozoário se encontra nas fezes), seja através do contato com outros animais como pela água e outros alimentos contaminados. As fontes de infecção mais comuns são água e fezes contaminadas. A transmissão fecal-oral de é comum tanto em animais como em humanos.

O homem também é alvo!

É importante lembrar que os seres humanos também podem desenvolver a doença e, neste caso, hábitos de higiene e programas anuais de vacinação dos cães são fundamentais para a proteção de toda sua família.

A giardíase é uma doença comum de cães, gatos e humanos, que freqüentemente é subestimada. É uma zoonose importante e tanto o animal de estimação quanto a família devem se proteger da infecção.

Controle Ambiental!

Os cistos de Giárdia sobrevivem no ambiente sendo fonte de contaminação e principalmente reinfestação para os cães. A remoção imediata das fezes limitará a contaminação ambiental. Os cistos são inativados pela maioria dos compostos de amônio quaternário, água sanitária, vapor e água fervente.

VACINAÇÃO!

Para auxiliar na prevenção da doença clínica causada por Giardia lamblia, deve-se vacinar cães sadios a partir de 8 semanas de idade.

Protocolo de vacinação:

  • Na primo vacinação são realizadas duas doses da vacina, com intervalo de 21 dias cada.
  • Após isso, deve-se fazer um reforço anual da vacina.

Um animal vacinado, além de protegido contra giardíase, não representará mais uma fonte de infecção a outros animais e nem à sua família!

Desenvolvido por WD Sites - Criação de Sites!